terça-feira, 4 de maio de 2010

Quarteto Fantástico

O título é uma piada interna e de velhos tempo, mas lendo você vai entender


Sabe quando os dias mais bonitos são os mais feios? Quando o tempo não passa e quando tudo que era certo é errado? Uma das coisas que eu mais me orgulhava parece que não é nada e que a nossa amizade agora é aguá.

Todas as simples juras, aqueles eu te amos QUASE nunca ditos mas sempre sentidos e o "poder" de saber dizer o que estava acontecendo só com um olhar, uma palavra e um sorriso. A minha 2 família parece que não existe. Uma parte da culpa é minha, colher diretamente o que foi plantado indiretamente.

Sempre achei que fosse para sempre, ou ainda, que fosse diferente. Mas agora já não sei de nada.... Costumava dizer que a última vez que tínhamos brigado foi na quarta série, mas dessa vez acho que uma briga sem haver uma, palavras não ditas, mas percebidas.

Me sinto sozinha no meio da multidão, cega na claridão e perdida na escuridão do raiar do dia. O que deveria ser dia me parece noite e a certeza já não existe.

Mas.... é a vida, não sei explicar porque voltei, mas precisava escrever aqui, o meu refugio, o meu canto. To com saudade, mas acho que essa não é a melhor hora para voltar. Talvez eu fique postando aqui uma vez o outra, só quando a necessidade for maior que a vontade.

Beijos saudosos
PI

Um comentário:

Fernando L. disse...

Ah! é bom te ver de volta. você escreve bem e eu gosto de ler. Beijos.